A Barraca Indy 3/4 pessoas, da Nautika (NTK) é um modelo clássico, que está no mercado há muitos anos. É um modelo muito interessante, útil e com bom custo benefício.
Essa barraca do review é um modelo antigo (foi feito em 2014). A

Atenção! Essa barraca do review é um modelo antigo (2014). Em 2015 esse modelo foi atualizado passou a se chamar Indy GT. Na nova versão o tamanho 3/4 pessoas possui duas entradas no avancê (frontal e lateral). Além disso as varetas agora são em nano-fiber e a coluna de água está com 2.500 mm. Essas informações são da própria Nautika.

Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (44)


Características

Estrutura: A barraca Indy possui o formato de Iglu, com sobreteto completo e um enorme avancê, que é o seu principal diferencial. A barraca possui sua estrutura formada por três varetas, duas delas formam o quarto, em uma estrutura simples, apenas se cruzando no meio e a terceira vareta é usada para manter o sobreteto armado, na parte frontal.

O quarto da barraca é autoportante, ou seja, é possível manter sua estrutura sem a necessidade de espeques, já para a montagem do avancê é preciso necessariamente prender o sobreteto ao chão, para que fique devidamente armado.

Barraca Indy 3/4 - Quarto da barraca (porta aberta)
Barraca Indy 3/4 – Quarto da barraca (porta aberta)

Tamanho: O quarto da barraca possui 1,95 m de comprimento, 2 m de largura e 1.20 m de altura. Além disso esse modelo possui um avancê com aproximadamente 1,35 m de comprimento.

Com esse tamanho a Indy acomoda três pessoas com conforto e algum espaço sobrando dentro do quarto ou acomoda 4 pessoas sem sobra de espaço dentro do quarto.

Esse tamanho faz dela uma barraca ideal para ser usada por um casal que queira acampar por bastante tempo, com conforto e espaço extra dentro da barraca. É bem indicada também para casais com filho pequeno, para camping estruturado (e que não querem uma mega estrutura de barracas com quartos). O avancê cria uma área externa ótima para armazenar alguns equipamentos extras.

Essa mesma barraca possui modelos para 4/5 e 5/6 pessoas.

Resistência: A barraca possui 1.200 mm de coluna de água o que é o suficiente para resistir às chuvas normais ou até mais fortes. As costuras do sobreteto são seladas.

O piso da barraca é em polietileno, que é um tipo de lona bastante resistente.

Peso: A barraca pesa 4 kg. Portanto, até pelo seu tamanho, ela não é uma barraca indicada para trekkings. É uma barraca indicada para campings estruturados e locais que você possa chegar de carro.

Volume: A embalagem é bastante compacta para o tamanho da barraca. Ela possui cerca de 20 x 20 x 80 cm, ou seja, é bastante comprida e estreita. A embalagem possui alça para carregar e zíper na horizontal, o que facilita na hora de guardar a barraca. Se bem dobrada a barraca cabe facilmente em sua embalagem original.

Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (1)


Facilidades

Quarto: O quarto é simples, na parte superior, nas laterais e na parte de trás é em tela de mosquiteiro, para fazer a ventilação. Na parte mais alta do teto, há uma argolinha na qual é possível pendurar algum objeto.

Porta do quarto: A porta é em formato de “U” com dois zíperes, de modo que é possível fechar a barraca com cadeado. Na parte superior da porta o tecido pode ser aberto, permanecendo apenas a tela de mosquiteiro fechada.

Avancê: Como falamos antes o avancê é o diferencial dessa modelo, especialmente por ele ser bem grande e capaz de armazenar algumas tralhas como caixa térmica, fogareiro, panelas, etc.

O avancê possui um piso (lona) separado que pode ou não ser usado, dependendo do que você pretende colocar por ali. Se for utilizar coloque com cuidado  e fixando ao chão de modo que essa lona não fique para fora da barraca, para que em caso de chuva e a água não escorra para dentro alagando seu avancê.

O avancê possui saias (aquele tecido “a mais”, como se fosse uma borda que sobra do sobreteto), que podem ajudar a evitar que animais entrem nesse espaço, ou que a chuva molhe o piso, ou ainda, em pisos arenosos você pode enterrar essa parte fechando melhor o avancê e mantendo ele mais isolado.

Nas laterais diagonais ele possui duas áreas em plástico transparente, que permite observar para fora da barraca, uma funcionalidade útil para poder acompanhar as movimentações fora da barraca.

Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (36)

Espeques: Ela vem com 16 espeques de aço de 18 cm. Todos são usados na montagem da barraca, não há espeques extras.

Varetas: São três conjuntos de varetas em fibra de vidro, as duas maiores são usadas para a estrutura do quarto e a menor é usada para manter o avancê armado.

Esticadores: Esse modelo vem com 5 esticadores, um em cada lateral, um na parte traseira e dois na parte frontal.

Esses dois frontais são de uso obrigatório já que são eles que mantém o avancê armado. Nas laterais e na traseira, você pode ou não usar, no entanto, devido ao fato de essa barraca ter uma estrutura maior, eles são essenciais para dar uma boa estabilidade em caso de ventos e chuva. Especialmente nesse modelo recomendamos usar os esticadores sempre! Confere abaixo o vídeo que mostra a importância de usar eles em uma situação de vento:

Bolsos: Há 2 bolsos na parte interna do quarto, um na lateral e um na parte dos fundos.

Janelas de ventilação:  A Indy possui três janelas de ventilação, uma em cada lateral e uma na parte traseira. São pequenas, mas capazes de gerar um mínimo de circulação de ar. Para aumentar a circulação sugerimos manter a porta do avancê aberta e também a parte de cima da porta do quarto apenas com a tela de mosquiteiro.

Galeria de Fotos

Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (3) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (2) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (6) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (17) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (19) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (43) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (25) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (41) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (28) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (30) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (29) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (8) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (11) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (5) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (9) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (13) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (14) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (4) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (7) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (10) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (12) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (15) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (20) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (34) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (22) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (37) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (23) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (26) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (38) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (40) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (39) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (31) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (47) Barraca Indy, 3-4, da NTK (Nautika) (24)
<
>
Barraca Indy 3/4 - Detalhes da tela de mosquiteiro na porta do quarto

Recomendação de uso:

Avaliação Indy

*Entenda aqui o que consideramos como diferencial entre cada tipo de acampamento (trekking, selvagem e estruturado).


Dados do Produto e Informações Técnicas

Preço: de R$320,00 – 440,00
Marca: Nautika
Origem: Produto importado
Capacidade: 3/4 Pessoas
Comprimento do quarto: 1,95 m
Largura do quarto: 2 metros
Altura do quarto: 1,20 m
Comprimento do avancê: 1,35 m
Peso: 4 kg
Tamanho da embalagem: 16 X 16 X 60 cm
Costuras: Selada termo-soldada e proteção UV no sobreteto
Coluna de água: 1.2000 mm
Material do sobreteto:  Poliéster 190T
Material do quarto: Poliéster 190T e tela de mosquiteiro (no-see-um)
Material do piso: Polietileno (plástico) de alta densidade e anti-fungo
Espeques: 16 unidades em aço de 18 cm
Varetas: 3 conjuntos em fibra de vidro composto Flex-Max, interligadas por elástico
Esticadores: 5 cordinhas

 


Lojas que indicamos:

– Loja Alta Montanha


Atenção! Você curte nosso site e nosso trabalho? Curte as dicas e conhecimentos que produzimos? Então pedimos que você colabore fazendo uma pequena doação, o quanto você puder pagar... Essa é uma forma de manter nosso site funcionando. Qualquer valor para nós faz toda diferença para ajudar a manter o site no ar. Para doar apenas Clique no Botão abaixo!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorO que significa o número no modelo das barracas
Próximo artigoCamping Pimenta Malagueta
Porto-alegrense, mochileira, campista e formada em turismo. Um dia ela resolveu unir todas suas paixões: natureza, viagens, campismo, biologia, geologia, turismo e se tornou co-fundadora deste site.
  • Nícolas Erwig

    Bom galera ja usei muito esse modelo em acampamentos, porem a durabilidade das varetas deixa a desejar principalmente as que formam o avance, estas são as que quebram mais rápido, além disso a falta de uma janela ou porta extra de circulação no avance deixam a deseja no quesito circulação de ar. Barraca boa pra quem acampa pouco.

  • André Abreu

    O Zíper também é um problema … costuma emperrar na curva seja no quarto ou na porta do avance! O novo modelo apresenta uma aba na porta, acredito ser para proteção da chuva contudo este também vive se prendendo ao zíper.

    • Obrigada por colaborar com essa informação André! Não chegamos a perceber isso…
      É ótimo ter a opiniao de quem acampa com o equipamento há mais tempo!
      Valeu…

  • Giovanni G P S Capano

    Tenha uma dessa a muitos anos, acredito que quase 10 anos já, ela continua nova, muito boa barraca sem dúvida. A questão da ventilação é realmente um pequeno problema, ela é pouco ventilada, mas até que é muito boa em comparação a outros modelos que amigos meus possuem. O grande problema sem dúvida são as varetas, as minhas quebraram no atrito da fibra de vidro com o metal no encaixe e estou tento problemas para encontrar lugar que venda ou que faça o conserto.

    • Obrigada por colaborar com o site deixando sua experiência e opinião!
      Isso é muito importante para nós.
      Abraços,

  • Jorge Eduardo Wolff

    Afinal ela possui quantos milímetros de coluna da agua? 2500 ou 1200?

    • Depende Jorge!
      As novas 2500 mm e as antigas 1200 mm!
      Se você vai comprar é bom verificar com a loja se ainda estão com a versão antiga ou se já estão vendendo a nova.
      Muitas lojas não divulgam qual o modelo e o pior, começam a vender a versão nova e não atualizam as informações no site… maior dor de cabeça para todo mundo. O ideal é confirmar as informações na hora da compra.
      Abraços,

      • Jorge Eduardo Wolff

        Obrigado. Já comprei. E é de 2500. Estava na dúvida entre a indy e a guepardo Zeus. Ontem que. Me fez escolher a indy foi justamente a coluna de água. Eubficaria muito chateado se propaganda fosse enganosa. Vlw.

  • Andry Eiryton

    Muito bom o post. Parabéns. Bem escrito e detalhado. Achei muito legal a ideia do quadrinho de recomendação. Simples e marcante… te passa infirmacao bem clara. A nova indy se chama indy Gt. Ja tive oportunidade de ver ao vivo. No modelo novo mudou a cor e melhorou a parede dgua… esse foi o que notei. Outros modelos.classicos passaram por melhorias. Essas barracas renovadas sao da serie Gt.

  • Fernando

    Oi Luiza. Parabéns pelo otimo review; ajudou bastante na minha escolha. Comprei em outubro de 2015 após anos usando um iglu Coleman para 4 pessoas e finalmente pudemos testá-la no natal. Seguem minhas considerações:

    Prós:
    1) O tecido em poliester foi um grande avanço, melhorando muito a impermeabilidade. Pegamos chuvas torrenciais no interior de SP e nenhuma gota passou pelo tecido, costuras ou ziperes recobertos. Um cão urinou na parte externa e um sobrinho derrubou refrigerante, mas não ficou nenhum residuo.
    2) O avanço frontal, destaque do modelo e razão da minha escolha, é enorme e confortável, adicionando uma nova dimensão à barraca. Com o tempo chuvoso, sem poder sair sa barraca, é reconfortante poder ficar na “varanda”, fresca e ventilada. E Com a porta frontal aberta e amarrada para cima a duas cadeiras, formando uma cobertura, a barraca ganha um “avanço no avanço”, podendo ficar aberta e melhorando a ventilação. Bastante espaço para botas e roupas molhadas, mochilas, a cama do cachorro e a garrafa do “xixi noturno”.
    3) A cobertura tem porções do tecido na cor verde e prateado. No interior, a luz filtrada fica num tom tranquilo e aconchegante. Já usei barracas vermelhas no passado, que alem de esquentarem mais com a radiação infravermelha e refletirem pior o ultravioleta, depois de muito tempo no interior começam a cansar a visão.

    Contras:
    1) A ventilação não é o ponto forte do modelo. O tempo estava chuvoso e não muito quente (23o-26o C). Mesmo montada com a cobertura com boa separação da porção interna, em uma área de meia sombra de um pinheiro, com as três ventilações triangulares abertas, e somente a porta telada fechada (por causa dos pernilongos), a temperatura no interior ficava aos 37o C ao por-do-sol. Com a alta umidade do ar e a dificuldade na evaporação do suor do corpo, era impossivel ficar no interior da barraca. O avanço frontal salvou a viagem.
    2) As porta internas abrem lateralmente em formato de “D”, ficando fechadas de cima a baixo no lado esquerdo. Este layout é pessimo, pois 1) para sair da barraca terá que passar por cima de quem estiver do lado direito e 2) não é possivel manter a porta com a metade inferior fechada, por exemplo, se quiser deitar do lado de dentro sem que as pessoas do lado de fora fiquem te olhando. O fechamento para cima seria muito melhor.
    3) A cor prateada e verde da cobertura ajuda a refletir o excesso de calor, mas não o suficiente para impedir que a barraca fique insuportavel se montada sob o sol, mesmo que parcial. Use um encerado ou um gazebo para cobrir a barraca.
    4) O ponto de fixação no topo do teto é bom para fixar a luz, mas os modelos mais novos de barracas frequentemente possuem, além deste, quatro pontos de fixação proximo ao topo, para montagem de “pequena estante” quadrada de tela (cerca de 30cm x30cm). Este porta objetos complementaria bem os porta objetos laterais da barraca, com a vantagem de ser removivel, e fez certamente falta.
    5) A barraca poderia ser um pouco mais alta. O modelo 4/5 tem a mesma altura do modelo 3/4 (1,35m). Ja o modelo 5/6 tem 1,70m! Isto permite (ao brasileiro médio) quase/ficar em pé no interior. Entendo que isso encarece o produto, mas por que fazer a barraca intermediária com a mesma altura da menor e só aumentar a altura da maior barraca? 15cm a mais já permitiriam trocar de roupa no interior sem ter que ficar deitando/ajoelhando no chão e se contorcendo igual uma minhoca para colocar as calças, faciliando a entrada/saída, etc. Quem procura uma barraca intermediária busca dimensões intermediárias!

    Por hora é isto. No geral, uma ótima barraca. Vou continuar testando; postarei novas considerações a medida que usá-la. A proxima viagem será no inverno. Como prefiro o frio e a barraca é quente, creio que será mais adequada.

    • Olá Fernando,
      Obrigada por todos seus comentários e observações! Eles tornaram o review ainda mais completo!
      Sempre que tiver mais comentários fique à vontade para colaborar.
      Abraços,

  • Nadine Luckei

    As informações aqui contidas são a respeito do modelo antigo certo?

  • Nadine Luckei

    Cabe um colchão de casal nela?

  • Lidia Godoi

    essa barraca é recomendada para acampar na praia?

    • Olá Lidia,
      Ela pode ser usada em diversas situações, inclusive na praia.
      Não recomendamos para climas mais extremos.
      Abraços,

  • Vinicius Guanais

    Oi gente, cuidado com o modelo novo, GT.

    Comprei uma dessas encantado com a questão da coluna d’agua, porém no primeiro acampamento tive uma surpresa desagradável: ela não tem resistência nenhuma contra ventos laterais.

    Diferente do modelo apresentado no review, a nova barraca não tem os estabilizadores laterais. O que tem são os dois estabilizadores do avanço frontal, mais dois localizados nas “pernas” de trás.

    O que aconteceu comigo foi de vir um forte vento lateral e uma das “pernas” da frente (que fica situada mais ou menos no meio da barraca) não resistir e entortar pra dentro. Como eu estava na barraca eu fiquei segurando até a ventania acabar e acabou tudo bem. Mas perdi a confiança na barraca.

    Outro ponto que me deixou insatisfeito foi o fato de vir com cordinhas no lugar dos puxadores do fecho. Dessa forma ficou inviável trancar a barraca.
    Não sei o que deu na cabeça do pessoal da Nautika para que eles piorassem coisas que já eram boas e funcionavam.

    Até mais

    • Olá Vinícius,
      Bacana você ter compartilhado essa experiência. Eu não sabia que tinham tirado os esticadores laterais. Eles são super importantes em qualquer barraca com uma área lateral maior, especialmente para resistir a ventos.
      Não que esse modelo seja feito para climas mais extremos, mas os esticadores laterais ajudavam bastante.
      Obrigada por ter enviado seu comentário!
      Abraços,

  • Rafael Carvalho

    Moçada, alguém sabe o tamanho exato da vareta do avance? Perdi a minha e ao solicitar no site da Nautika uma nova eles me perguntaram qual seria o tamanho, vê se pode? Eles “não sabem”. Enfim, alguém teria uma aí pra medir e me dizer, obrigado.

    • Olá Rafael, não tenho nenhuma Indy aqui no momento, então não tenho como medir.
      Lamento.
      Mas é um absurdo que eles não possam te passar essa informação! Acho que vale reclamar!
      Abraços,

  • Isabella Mendes

    Luiza, eu pretendo usar a barraca pra acampar com espaço e conforto em casal, e pretendo usar em festivais de música eletrônica. Como no camping terão várias barracas, acho que o vento lateral não será um grande problema. Sobre a ventilação, por ser sempre em picos, quase sempre tá frio, inclusive de dia. Mas nem sempre. A barraca é usada basicamente só para dormir, mesmo, só que normalmente depois do sol nascer. Eu quero comprar o modelo novo, que tá em promoção aqui na minha cidade, já que tenho um festival pra ir nesse final de semana. Estou entre ela e a prisma de 1980, 1000mm, também da náutika para comprar, por quase o mesmo preço. Qual das duas você me recomenda? E você acha que eu suportarei tranquilamente a falta de ventilação dela? Dado aos relatos, críticas e elogios que ouviu, me dê uma luz. E se possível, dicas. Obrigado.