Acampar com chuva pode não ser divertido para muitas pessoas… Mas acampar com chuva e com água dentro da barraca não é divertido para ninguém!

Quando vamos escolher uma barraca, existem alguns fatores importantes que devem ser observados para não dar zebra na hora da chuva. Confere abaixo as dicas:


Coluna de Água

É a característica que se utiliza para determinar o grau de impermeabilidade do tecido da barraca. A Coluna de Água pode variar de 300 a 6000 milímetros (para barracas a venda no mercado brasileiro), dependendo de o quanto o tecido resiste à chuva. Quando maior o valor, mais o tecido resistirá à passagem de água.

A Coluna de Água é um fator determinante para quem quer acampar na chuva. Se você quer uma barraca com um mínimo de resistência à chuva, não invista em uma com menos de 1000 mm. Se você quer uma barraca com uma boa resistência à chuva, escolha uma barraca com mais de 1500 mm. Já se você é um montanhista, trekker ou curte acampamentos selvagens e está disposto a encarar situações mais extremas, invista em uma barraca acima de 2000 mm.

>> Acesse o artigo O que é a Coluna de Água para entender melhor como ela é medida e quais os valores de referência para auxiliar na compra da sua barraca.


Costuras seladas

Se você vai encarar uma situação de acampamento com chuva, de nada adianta ter um tecido impermeável se as costuras não forem seladas. Sem isso a água passa facilmente pelos furos da costura e o resultado é que irá chover dentro da barraca.

A maioria das barracas já vem com as costuras seladas, mas isso não é uma regra. Por isso, sempre que for comprar uma barraca, verifique essa informação nos dados técnicos do equipamento.

Se a barraca não vier com as costuras seladas ou elas estiverem descolando, você pode refazer a selagem comprando e aplicando um Selador de Costuras.

>> Acesse o artigo O que são Costuras Seladas para entender melhor sobre esse assunto.


Sobreteto completo (até o chão)

Se você está preocupado que não entre chuva na sua barraca, é importante entender que alguns modelos são mais adequados para serem usados em situações de chuva.

Se você não quer mesmo chuva dentro da sua barraca, dê preferência para barracas que possuem sobreteto completo, cobrindo todo o quarto, até o chão.

Existem alguns modelos que possuem avancês na parte da frente da barraca, mas ele é aberto. Esses modelos de barracas, por mais que tenham uma boa Coluna de Água, em situações de chuva mais forte, ou chuva com vento, ou temporal, a água pode molhar o quarto.

Outro modelo de barraca que deve ser evitado é aquele com apenas um dormitório e um “chapeuzinho” na parte de cima, sem sobreteto. Esses modelos geralmente possuem uma Coluna de Água muito baixa e não são indicados para acampamentos ao ar livre, já que não oferecem um mínimo de segurança para o campista.

>> Leia o artigo Tudo sobre Sobreteto da barraca para entender melhor os diferentes tipos que existem.


Reforçando a impermeabilização

Vale comentar que o tratamento químico que o tecido recebe, determina se a resistência à água será maior ou menor. Porém, o tratamento não é eterno, por isso as barracas vão perdendo a impermeabilização à medida que são expostas às intempéries, como chuva, vento e, principalmente, raios solares.

Por isso, depois de um tempo, se você começar a perceber que a água começou a infiltrar no tecido, você pode aplicar no sobreteto um impermeabilizante de tecidos. Existem alguns sprays com essa finalidade, como o Spray Impermeabilizante da Coleman. A aplicação deve ser feita de forma meticulosa, na parte de baixo do tecido (que fica para dentro da barraca).

No entanto, essa aplicação pode ser encarada apenas como um paliativo para prolongar um pouco a vida útil da barraca. Não é possível definir ao certo o quanto essa impermeabilização pode resistir.


Mas não é só isso!

Para não entrar água na sua barraca, ainda não basta ter um tecido super impermeável e costuras super seladas. É muito importante que você conheça sua barraca e saiba montar usando todos os recursos que dão resistência a ela, principalmente se você sabe que a chuva está se aproximando! Anote as dicas:

  • Amarre o sobreteto às varetas (normalmente há cordinhas na parte interna do sobreteto).
  • Coloque todos os espeques e deixe ela bem esticadinha!
  • Prenda todos os esticadores (cordinhas do lado de fora), se ela possuir.

Esses são recursos que dão estabilidade à barraca. Até porque, muitas vezes, o problema não é somente a chuva, mas também o vento.

Além de tudo isso, é ainda mais provável que tudo ocorra bem quando chover se você armar a barraca em local adequado, abrigado, longe de rios, que não alague, etc.

>> Se você estiver precisando de mais informação e dicas para comprar sua barraca leia nosso artigo Indicações de Barracas. Ele ajuda muito quem precisa decidir sobre qual modelo de barraca comprar.


COMPARTILHAR
Porto-alegrense, mochileira, campista e formada em turismo. Um dia ela resolveu unir todas suas paixões: natureza, viagens, campismo, biologia, geologia, turismo e se tornou co-fundadora deste site.