Dependendo da região em que você pretende acampar, faz muita diferença se está na alta ou baixa temporada – o clima é diferente, o número de campistas é diferente, o cuidado dos proprietários com o camping é diferente.

Especialmente na Região Sul, com o fim do verão, muitos campings fecham devido à diminuição no número de campistas e voltam a reabrir somente no início da alta temporada. Por outro lado, muitos outros seguem abertos, funcionando o ano inteiro, ainda que com pouco movimento. A chegada do inverno e do frio torna a baixa temporada ainda mais evidente e, muitas vezes, não é possível manter o mesmo funcionamento e os serviços oferecidos no verão.

A Equipe FuiAcampar, que costuma conhecer os campings fora da alta temporada, foi percebendo algumas coisas ao longo de sua experiência. Confira abaixo algumas dicas que preparamos para não dar zebra na hora de ir acampar na baixa temporada.

Ligue antes!

No site FuiAcampar, sempre sinalizamos qual o período de funcionamento do camping. Mas se você vai acampar durante a baixa temporada, é importante dar uma ligada antes, para se certificar que o local estará aberto. Tenha em mente também que, se o camping é cuidado apenas por uma pessoa ou uma família e acontece qualquer imprevisto que a pessoa responsável precise sair do camping, pode não haver alguém para receber você.

Diferentemente, na alta temporada os campings se organizam para receber os turistas sistematicamente, de modo que sempre haja alguém no local.

Serviços inoperantes

É bastante comum que, durante a baixa temporada, alguns serviços como bar, restaurante, piscinas e outras atividades de lazer não sejam oferecidos. Se você vai até local com objetivo de utilizar algum serviço específico, não deixe de ligar antes e se certificar de que estará funcionando.

Descuido

A manutenção de um camping é geralmente trabalhosa e cara. Por isso, na baixa temporada muitos campings deixam a grama alta, o esterco pelo chão, o banheiro não tão limpo etc. Isso acaba tornando os locais mais rústicos, o que pode agradar ou desagradar os campistas, mas geralmente não compromete seu funcionamento.

Animais soltos

Muitos campings que possuem animais (ovelhas, vacas, cavalos, gansos, cachorros etc.) costumam deixá-los soltos durante a baixa temporada. Isso não costuma ser um problema, já que normalmente não são agressivos. Mas é bom você estar ciente de que isso pode acontecer.

Segurança

Isso é bastante relativo, pois depende da localização do camping, do perfil de pessoas que costuma frequentar o local, entre outras coisas. A baixa temporada pode ser tanto mais segura quanto mais perigosa, dependendo de quais são os fatores de risco do local. É importante sempre conversar informalmente com a pessoa responsável para entender como você pode se prevenir de algum problema. Tenha em mente que, se você tiver alguma situação de insegurança, pode não haver muitas pessoas ao redor para ajudar.

Exclusividade

Dependendo da época e do local em que você for acampar, pode acontecer de você ser o único (ou um dos únicos) campistas do local. Se você curte silêncio, sossego e tranquilidade, esse é o grande ponto positivo de acampar na baixa temporada! Você terá todo espaço do mundo para se espraiar e curtir um camping (quase) exclusivo.

E se você quer acampar na baixa temporada, mas não quer se sentir “sozinho”, simples: convide muitos amigos para acampar com você!


Atenção! Você curte nosso site e nosso trabalho? Curte as dicas e conhecimentos que produzimos? Então pedimos que você colabore fazendo uma doação de R$15 (ou outros valores) e nos ajude a manter o site funcionando e com novos artigos! Pense...  R$15 é menos que a diária de um camping e colaborando aqui você sempre terá aqui informações para continuar acampando por anos e anos! É barato e super simples e para nós faz toda diferença. Para doar apenas Clique no Botão abaixo!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCasacos que viram barracas
Próximo artigoPrimeiros Socorros para Cortes
Porto-alegrense, mochileira, campista e formada em turismo. Um dia ela resolveu unir todas suas paixões: natureza, viagens, campismo, biologia, geologia, turismo e se tornou co-fundadora deste site.